Sinal Vermelho

Pare.

Olhe.

Escute.

A vida está passando...

Diego Araújo da Rosa


(Poemas no ônibus e no trem PoA Rs)

Um comentário:

Diego Araújo da Rosa disse...

Fico feliz por ser referência. Vejo que a minha obra "Sinal Vermelho" agrada a muitas pessoas. Penso que isso se deve à sua mensagem, que é curta, mas significativa.

Tive a idéia deste poema ao cruzar uma linha de trem. Havia uma placa no cruzamento: "Pare. Olhe. Escute." Achei que fosse a própria poesia. E era.

Diego Araújo da Rosa.